:Blog DW Brazil:

MALTA – Um país a ser visitado – Aqui Vale a Pena !!!

Postado por Dw Brazil em 25/out/2013 - Sem Comentários

MALTA

A Ilha de Malta  compõe a Republica de Malta,  formada por 5 ilhas. Malta é  a maior delas e está localizada na Europa,  no meio do Mar Mediterrâneo, ao sul da Itália e ao norte da África. Faz parte da comunidade européia.  Desempenhou um papel importante nas lutas pelo domínio do Mediterrâneo e nas relações entre as culturas européias, norte-africana e do Oriente Médio. Malta um dos menores países do mundo e um dos mais densamente povoados. Tem apenas 316 Km. A Ilhas habitadas são: Malta, Gozo e Comino.

Malta 12

Sempre tive muita vontade de conhecer Malta. O que me chamou a atenção foi o fato de que os estudantes que escolhiam esse destino para estudar inglês, voltavam encantados com o país. Na verdade eles voltavam apaixonados pela paisagem, pela história, pelo povo que é muito hospitaleiro  e pelo mar, o  lindíssimo mar mediterrãneo que é de um azul de tirar o fôlego.

Malta 2

Quando surgiu a oportunidade em maio de 2011, não deixei de aproveitar.

Fiz 2 semanas de curso de inglês na EC + 2 semanas do programa 50+. Os 2 programas me ajudaram muito a melhorar minha fluência na língua.

A primeira língua do país é o  maltês e a segunda é o inglês. Todos falam o inglês fluentemente.

SAM_1213

No programa 50+, o grupo era formado de homens e mulheres, todos da Europa e países da Scandinávia e eu claro da América Latina. O número das mulheres era bem maior. Como todos sabem, as mulheres, atualmente, estão atuando em quase todos os campos e na maioria das vezes em número bem maior que dos homens. Ninguém segura mais as mulheres !

Todas as tardes tínhamos uma programação liderada por uma guia muito simpática e pacienciosa conosco. Fizemos passeios incríveis, conhecemos as histórias de pessoas importantes que fazem parte do passado de Malta.

SAM_1206

Fomos a um dos mais antigos restaurantes de Malta e ouvimos uma boa música folclórica acompanhada da comida típica maltesa e um bom vinho artesanal. Tudo de bom !

 

SAM_1553SAM_1558

O que eu mais gostava de fazer era caminhar por esse calçadão que  leva para Sliema, uma cidade muito gostosa, com lojas lindas, roupas e presentes de encher os olhos e esvaziar seu bolso. Em Sliema tem um porto de embarcação para outras ilhas e você pode comprar os tickets minutos antes de iniciar seu passeio de barco. Tem também muitos restaurantes de frente para o mar com comidas, doces e sorvetes deliciosos…

 

SAM_1303                      SAM_1310

No meu grupo tinha pessoas com os mais variados objetivos. Alguns precisavam fazer reciclagem no inglês para o trabalho, ou apenas para se comunicar socialmente, ou estavam apenas tirando umas férias. O grupo era muito heterogênio e formaram-se os grupinhos, cada um com seus interesses comuns.

 

As casas de famílias são muito confortáveis e as refeições são preparadas com muito carinho pelas donas de casa que recebem os estudantes. Estávamos sempre ouvindo elogios dos alunos quanto ao homestay.

 

Todas as casas de família pertencem a pessoas da classe média e o aluno tem um quarto confortável para fazer suas lições e estudar.

Para aqueles que querem mais privacidade podem contar com inúmeraas residências estudantis, porém  não terá muito conforto. Poderá optar também por hotéis.

SAM_1585

SAM_1579

 

 

 

 

 

 

A vantagem de uma casa de família é que pela manhã você já tem o café na mesa te esperando e você não precisa pensar no que fazer para o jantar. É só sentar-se e se servir.

Minha host mother era a Dona Stella. Ela cozinhava divinamente. Todas as noites ela me esperava para o jantar com um vinho delicioso ou eu levava o vinho que é muito bom e barato. Com apenas 5 euros você comprava vinhos italianos excelentes. Aí ficávamos conversando por muito tempo, ela me contava passagens interessantes da vida dela e eu falava um pouco de mim e do Brasil. Falava somente coisas boas do Brasil. As ruins não precisamos espalhar…….

 

SAM_1587SAM_1583

Como Malta é uma ilha pequena, a maioria das ruas tem saída para o mar. Isso me encantou muito. Você estava, por exemplo no centro em Walletta que é a Capital, andando pelas ruas, quando chega no final dela, dava de encontro com o mar.

Malta 3

Malta 5

 

 

Malta 6

Gozo que é a segunda maior ilha do Arquipelago de Malta. Essa Ilha tem 30.750 habitantes e 67 km2 de extensão.

O interessante nessa ilha é que os moradores identificam suas casa não só com números, mas também com os nomes dos proprietários ou nomes de santos ou mesmo com nomes de cidades.

Em uma das vilas de Gozo, visitei o Santuário Ta’Pinu. A Basílica de Ta’ Pinu é um dos locais mais visitados na ilha de Gozo, não só pelos habitantes de Malta mas também por muitos turistas. Lá dentro, vai poder contemplar a maravilhosa arquitetura e testemunhar a devoção dos Malteses, expressa em artigos como capacetes, gessos, fotos ou babygrows pendurados nas paredes como oferendas de promessas atendidas pela Nossa Senhora de Ta’ Pinu. Sua origem é desconhecida, mas os primeiros registros datam de 1534.

Malta 15 (2)
A Gruta Azul ou Blue Grotto, nome dado por um soldado britânico por considerar muito semelhante a Grotta Azzuzza em Capri.
É um destino que não pode faltar na viagem a Malta. Está localizada perto de Zurrieq a sudoste de Malta.
As águas são de um azul intenso e cristalino, outras vezes, são verdes claras refletindo as cores dos corais. É uma visão fantástica. É uma área famosa pelas costas rochosas onde há atraentes grutas formadas naturalmente pela ação das águas , Hoje existem 6 grutas, sendo a Gruta Azul a maior e a mais encantadora. Para se chegar no local é preciso pegar um barco.

Malta 7

 

Ouvia falar  muito do nascer do sol em Malta e numa manhã, levantei-me bem cedinho e fui para beira do mar, esperar esse momento mágico, onde nos emocionamos com a grandiosidade desse Universo, que nos proporciona essa encantadora beleza que faz nascer uma alegria interior tão grande, nos convencendo de que vale muito a pena viver.

 

Malta 9

 

SAM_1505

Malta produz apenas 20% das reservas alimentares que consome, tem recursos de água potável limitados e nenhuma fonte de energia doméstica. É uma economia dependente das importações, sendo que a manufatura eletrônica e têxtil e o turismo são as suas principais fontes de rendimento.

Malta 14

Interessante? Entre em contato com um dos agentes da DW Brazil e planeje a sua próxima viagem.

Se gostou, mande mais sugestões nos comentários abaixo, quem sabe você não descobre um pouco mais?

 

 



0 Comentários

Deixe o seu comentário!